quarta-feira, 14 de agosto de 2013


Durante a festa de aniversário do clube. Eu e o Afonso cruzamo-nos num corredor vazio.

Afonso: Ainda tens uma camisola minha. 
Luísa: Queres que te devolva?
Afonso: Não.

Uma breve troca de palavras, trocas de olhares o resto da noite, e uma tonelada de memórias a bombardear a minha mente.

Broken Angel

1 comentário:

  1. Como eu te percebo, essas memorias aparecem sempre quando menos devem :s

    ResponderEliminar

Seguidores