sábado, 30 de março de 2013

O anjo caiu e virou diabo.

Em resposta a algumas de vocês:

3h:00m da manhã. 3 meses atrás. Algures num bar. 
Luísa acompanhada. Muito bem acompanhada, se é que me entendem. Afonso agarra Luísa pelo braço.

Afonso: Quem é esse?
Luísa: É um amigo. 
Afonso: Um amigo?
Luísa: Sim, um amigo que aprecia muito a minha companhia por sinal.
Afonso: Ai sim?
Luísa: Tu também não estás mal acompanhado, segundo o que eu vi.
Afonso: Estás com ele?
Luísa: E se estiver? Qual é o teu problema?
Afonso: O problema é que eu tenho saudades tuas, quero estar contigo... e sei que também queres estar comigo.
Luísa: Não, não quero Afonso. E tu não tens saudades minhas, o que tu tens é uma grande lata. Vens sair com a Maria, e arrastas-me para as casas de banho para me pedir justificações? Vai-te tratar.
Afonso: Podes chamar-me sacana outra vez se quiseres, mas tu sabes que eu sinto a tua falta. 
Luísa: Então o teu sistema nostálgico deve ter algum problema, porque só te lembras de mim de 3 em 3 meses.
Afonso: Ok Luísa, fica com o teu Brad Pitt se é isso que te faz feliz.
Luísa: Vou ficar, ao menos o Brad Pitt é rico, sabe o que quer e é casado com uma das mulheres mais bonitas do mundo. Tu és só tu, namoras com uma rapariga que até o nome tem de vulgar, e a melhor coisa que tu já conseguiste até à data fui eu. Vai ser uma vergonha dizer que me perdeste.

Nunca mais o voltei a ver a partir desta conversa. Nunca mais falamos. Para dizer a verdade, nunca mais ouvi o nome dele sequer.

Broken Angel

3 comentários:

Seguidores